Blog do/a lus/z

And the answer to Life, the Universe and Everything Else is…

Porque, no Brasil, é um atrás do outro

Posted by Andrei Luswarghi em 18 julho, 2007

Como eu já fiz um post no outro blog, e o assunto merece um aqui, também….

Eu fiquei quase que revoltado com o que aconteceu em São Paulo, com o vôo 3054 da TAM (segundo a Folha, o 3054). Foi absurdo.

Como vocês devem ter percebido (imagino que nenhum leitor desse blog seja alienado a ponto de não ter percebido), o Brasil ‘tá em crise, a ponto de não perguntarmos mais “será?” e sim “quando?”. Isso é deprimente, mesmo. Mas mais deprimente é pensar nos políticos.

Tinha um político a bordo do avião. Esse não se importa mais, não nesse mundo, acredito. Sinto por ele, não sou tão cruel. Mas dos outros, quero sangue. É culpa deles que isso tenha acontecido, venhamos e convenhamos. É IDIOTA o que acontece no Brasil, e os brasileiros não fazerem nada é muito pior.

Todo o problema com espaço aéreo, aeroportos, etcétera, é culpa de políticos eleitos pelo povo, mas cujos eleitores simplesmente se esquecem que a política é, de qualquer forma, importante. Ou seja, a culpa é nossa, no final. Por não reclamarmos, não fazermos nada.

Nesse caso, morreram 176 só do avião, mais os que estavam no prédio, a ironia cuidou de ser um prédio da própria TAM. Eu juro, não quero saber quantos vão ser no próximo. Só sei que, do jeito que ‘tá, não vão ser poucos. E VAI ter um próximo.

Mas alguém, fora eu e você, se importa? Não. Alguém que PODE, efetivamente, mudar alguma coisa, se importa? Não.

Até lá, o que eu faço é não voar de avião. E lamentar pelos mortos. Lula declarou 3 dias de luto oficial, e, oficialmente, eu também, estou de luto. Mas quero sangue, que punam todos – TODOS – os envolvidos, de qualquer forma, com esse acidente, culpados por ele de qualquer forma.

Technorati tags: , , , , ,

Anúncios

Uma resposta to “Porque, no Brasil, é um atrás do outro”

  1. Adalberto Costa said

    A morte de um político do PSDB é motivo para o Artur Vigarista Virgílio 2% ao invés de lamentar e chorar a perda de um companheiro, usar o fato pra fazer propaganda de oposição atacando o governo. Existe um post no Estadão de um cidadão alegando que as ranhuras que deveriam ser feitas na pista não o foram porque o contrato não havia sido assinado. Esses caras assim como aqueles carcereiros que morrem pelas armas que entregam aos presos, estão sofrendo as consequências de seus próprios atos. Contrato público nenhum nesse país é assinado sem que a “verba de colaboração” seja acertada antes. Não quero defender o governo não, afinal são políticos também, ou não?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: