Blog do/a lus/z

And the answer to Life, the Universe and Everything Else is…

Archive for the ‘Brasileiros pocotó’ Category

Masoquismo puro

Posted by Andrei Luswarghi em 8 setembro, 2007

Não, não é um post sobre masoquismo, pessoas se espancando, ou sadomasoquismo como o Cardoso gosta. É mais para pára-quedistas, mesmo – e eles existem de monte, já falei disso.

Aconteceu o següinte (usando trema enquanto posso, mesmo quando não-necessário): há uns dias atrás (semanas), baixei Warcraft III da net. Pelo Rapidshare. Sim, eu sei: louco. Mas foi mais rápido, prático e confiável do que por torrent, demorou ‘só’ 3 dias. Certo.

Eis que eu fico com vontade de jogar WoW, claro, e instalo. Baixo os patches (dois de 465MB) e vou procurar servers piratas (não pode? Pega eu, então). ‘Tá. Burning Crusade, Burning Crusade, Burning Crusade… Xi, já vi que vou ter que baixar o Burning Crusade pra poder jogar decentemente em algum servidor. Vamos lá…

1.3GB. Melhor fonte? Rapidshare. 13 partes de 100MB.

Fala se não é azar demais.

E, sim, eu já estou baixando. Acabei de terminar a parte dois.

 

Anúncios

Posted in Brasileiros pocotó, Geek, Universo on-line | 4 Comments »

Bizarricidades que só acontecem no Brasil…

Posted by Andrei Luswarghi em 26 agosto, 2007

Tem coisa que só acontece no Brasil. Hoje eu, lendo a Folha, feliz da vida – mentira, tédio mata – pego uma dessas pérolas.

Uma mãe largou a filha no banco do carro e foi para um baile funk. “Ora, que absurdo!”. Sabe que até que não?

Imaginem se a mãe resolve levar a filha. Ter irmãzinhas é legal, mas ver a mãe concebendo a irmãzinha não é… educativo. A não ser, claro, que você seja um japonês, mas aí é história para o Cardoso 😉

E pior ainda seria a filhinha sair com uma filhinha. Entenderam? Não duvido muito disso.

Agora, isso só acontece no Brasil. MESMO. Primeiro, porque baile funk só pegou no Brasil. Segundo porque só no Brasil a filha aceitaria ficar no banco do carro. Em outro país qualquer, ela seria seqüestrada por ser filha de algum playboy, sairia para dar uma volta na cidade ou simplesmente teria sido esquecida em casa. Brasileiro é fogo, né?

 

Posted in Brasil, Brasileiros pocotó, Mundo bizarro, Protozoarismo | Leave a Comment »

Brasileiro é fogo, mesmo

Posted by Andrei Luswarghi em 20 agosto, 2007

(Texto não sendo escrito de casa)

Brasileiro é fogo. A gente fica feliz com a novíssima máquina digital (que no Japão é sucata, junto com o celular da Hello Kitty), a tela de plasma (idem), por ter nosso país se industrializando e termos cada vez mais desenvolvimento. Má brasileir’é pobre, mesmo.

Na França, eles vão testar big bangs, e a gente tentando arranjar máquina pra indústria. Como assim testar Big Bangs? Tem um cara que pode explicar melhor que eu, mas eu só achei o vídeo para assinantes da UOL: aqui.

Mas dando minha rapidinha (ui), é um acelerador de partículas gigantes, que acelera hardrons, e o resto eu não entendi. Mas, enfim. 27km de diâmetro.

Vou fugir para a França. Ou Inglaterra. Só sei que, aqui, não fico.

Posted in Brasil, Brasileiros pocotó, Mundo bizarro | 1 Comment »

Brasil, o país da piada pronta [mol]

Posted by Andrei Luswarghi em 17 agosto, 2007

Há tempos, cirurgia pra mudança de sexo é algo concebível mas que, mesmo assim, é enrolado. Descobrir que a Maria da noite passada era o Mário (aquele Mário) até mês passado não deve ser nada legal.

O negócio complica quando isso fica aplicável pelo SUS. Lógico, com a disponibilidade deles, você (eu não) marca para daqui a 10 anos, junto com o lifting e o silicone que você (eu não) sempre quis fazer. Mas, mesmo assim, vai começar a ficar perigoso o negócio.

Mas, por um tempo, até que não. Foi liberada a cirurgia pelo SUS, mas só no Rio Grande do Sul. Não acho que ninguém lá vá se importar. A não ser com a falta de machos, mas, epa, que machos?

—————-
Ouvindo: Richard Wright – Broken China – Breakthrough
via FoxyTunes

Technorati tags: , ,

Posted in Brasil, Brasileiros pocotó, Mundo bizarro | Leave a Comment »

E lá vem ele, de novo

Posted by Andrei Luswarghi em 17 agosto, 2007

Tem gente que faz um filme conhecido, e some. Tem outros que fazem filmes conhecidos e ficam mais conhecidos… E tem quem faça filme pornô e volte, depois de 26 anos, para mais. É o caso do tio que fez o filme pornô com a Xuxa, que agora volta pra fazer outro.

Lógico, não vai ser a mesma coisa, e eu tô pouco me ferrando para o filme, queria é que fosse uma mulher e o filme da Xuxa fosse um rock das aranhas. Mas, ainda assim, vale a curiosidade. Quem sabe a Vendramini entra na onda?
—————-
Ouvindo: Richard Wright – Broken China – Runaway
via FoxyTunes

Technorati tags: , , ,

Posted in Brasil, Brasileiros pocotó, Mundo bizarro, Novidades, Uncategorized | Leave a Comment »

Bobagens da UOL, parte (?)

Posted by Andrei Luswarghi em 11 agosto, 2007

A UOL vive fazendo suas bobagens. É normal, é típico, é quase um charme. Agora, dessa vez…

A reportagem era uma de moda de lingerie. O problema é: veja BEM a imagem. Mais para cima. Isso, aí mesmo. Cortaram a imagem do corpo de uma modelo, ou seja, o que ‘tava EMBAIXO do soutien quase transparente… ficou.

del.icio.us tags: , , ,

Technorati tags: , , ,

Posted in Brasil, Brasileiros pocotó | Leave a Comment »

Onde o mundo vai parar?

Posted by Andrei Luswarghi em 11 agosto, 2007

Os jornais, revistas, blogs e até flogs fazem divulgação demais de coisas sobre pirataria, eu não ‘tô afim, não. Já basta o post sobre os Simpsons (a propósito, eu ando tendo dias temáticos, não?). Agora, essa não tinha COMO deixar escapar.

Lógico, pirataria destrói as gravadoras e os artistas, que não ganham nada. Certo? Bom, eu diria “sim” até uns 15 minutos atrás, quando vi a seguinte notícia:

Cantor é acusado de vender DVD pirata de seu show

É, é isso mesmo. O cara vendeu DVD pirata DO PRÓPRIO show. É esperto, esse.

Isso quebra totalmente o conceito. O cara ‘tá ganhando até MAIS por vender os DVDs do que se vendesse os originais. Quebra com toda a exploração dos infelizes que gravaram o show (‘tá, era dupla sertaneja: não ia custar mais que déiz reau na Americanas, mas o cara quis vender, oras), e ainda por cima sacaneia o próprio parceiro. Se o cara não fosse cantor de sertanejo, eu não acreditava.

Lógico, alguém – além de quem aceitou gravar o lishow – tinha que perder. Pois é, companheiros de profissão (cantores de sertanejo, não meretrizes-homens) que tiveram suas imagens usadas ilegalmente descobriram e, como não ‘tavam ganhando nada, denunciaram o cara.

Agora, só podia ser sertanejeiro: porque não pediram uma parte do que o cara ganhava com os piratas? GARANTO que não era por serem “éticos e morais”. Eles cantam sertanejo, lembrem-se.

 

Posted in Brasil, Brasileiros pocotó, Mundo bizarro | 2 Comments »

Chutam a bandeirinha, mas não chutam o juiz homofóbico…

Posted by Andrei Luswarghi em 4 agosto, 2007

Todos se lembram do que aconteceu quando a Ana Paula, bandeirinha que saiu na Playboy, errou em alguns jogos (‘tá, errou BASTANTE, mas mesmo assim): ela foi tirada da série A, foi um rebuliço, etc. Agora, quando um juiz homofóbico diz que futebol não é para gays, na, talvez, maior prova de homofobia exagerada e pensamento arcaico do ano, desconsiderando o do Elton John de fechar a internet, ele tem razão, e pronto. É meio absurdo.

Claro, as associações de gays do mundo todo se soltaram (ui) e foram processar o infeliz – aliás, MUITO infeliz, depois de um comentário imbecil desses – e tentar fazer alguma coisa. Mas, honestamente, eu não ligo. Eles ‘tão fazendo ter repercussão, pelo menos. Basicamente, o que ele (o juiz) fez foi sacanagem, e puniram uma mulher por coisas eticamente menos graves.

 

 

Technorati tags: , , ,

Posted in Brasil, Brasileiros pocotó, Esportes | Leave a Comment »

Baixaki, seus deslizes, pára-quedistas e programas miguxos

Posted by Andrei Luswarghi em 4 agosto, 2007

‘Tá certo que o Baixaki nunca foi assim um site muito confiável no quesito conteúdo. Apesar de ter bastante coisa interessante lá, tem outras que são deprimentes. Uma delas, por exemplo, é um programa miguxento chamado “U.R. Celeb”, em que você pode se colocar, usando uma foto sua, como capa de alguma revista. Pode ser pelo fato de eu não ser uma mulher, mas eu honestamente não vejo graça NENHUMA nisso, é imbecil, para garotinhas miguxas de 9 anos de idade que querem ser modelos. A única coisa divertida deve ser ver o que algumas fazem, deve ser hilário ver aquela adolescentezinha miguxa emo-gótica-funkeira-crente colocando a foto como capa da Rolling Stone. Mesmo assim, esse efeito se perde rápido, com o anúncio do Baixaki: “Não deixe de zoar seus amigos no Orkut”. Se moda de Baixaki pegasse, já era, dezenas de (pré-)adolescentes com suas imagens nas suas pseudo-revistas de pseudo-moda, e passando links dizendo “oLhA mIgUuUuXxXoOoOoOo, FiCoUu BoOuUuN?” (eu juro que demorei 20 segundos pra escrever essa frase, e esse comentário todo nos parênteses… 10), quase que spammeando. ‘Tá que Orkut = Spam, mas vá lá, MAIS spam fica fogo. E o pior é agüentar aquela amiga feliz se achando, toda contente.

Uma pisada na bola BONITA do Baixaki foi na descrição desse programa, o P2S, no que diz respeito a MP3. Eles dizem que Diante das circunstâncias, as coleções de álbuns em MP3 — tão comuns aos fãs de música — correm risco sério de extinção. É…. não. Eu não sei de quais circunstâncias o cara que escreveu isso ‘tava falando, mas sei que foi uma viagem bonita.

Basicamente, o que o programa faz é pegar as músicas e, ao invés de baixá-las, permite que você ouça-as diretamente do PC do cara que as tem. Mais ou menos como rádios on-line + P2P, você ouve as músicas sem precisar baixar, direto do computador de quem tem a música. Ou seja, alguém precisa ter a música em MP3, para que o resto possa ouvir, o que mantém os MP3’s indispensáveis. Se o cara escreveu pensando nas indústrias fonográficas, nem merece comentários.

Sobre o P2S, é bonitinho, funciona bem, mas é BEM beta, versão 0.1

 

Technorati tags: ,

Posted in Brasil, Brasileiros pocotó, Mundo bizarro, Universo on-line | 2 Comments »

Não são só os blogs que alardeiam hypes até não dar mais

Posted by Andrei Luswarghi em 23 julho, 2007

Tudo bem, eu perdi a cofiança da Folha quando ela não publicou a notícia de que o IPT avaliou a pista de Congonhas e disse que ela está ótima (a não ser por um minúsculo artigo na C6, no canto inferior). Mas isso ‘tá virando sacanagem: até agora, a página principal do site da Folha só tem esportes e TAM. Parece CNN, que só tem guerra (eu imagino: se a guerra do Iraque acabar e o mundo ficar em paz, a CNN fale), ou pior.

Pel’amor, passou. Vocês acham que quem teve parentes envolvidos quer ouvir QUANTO sobre o acidente? Pelo contrário, querem é parar de ouvir sobre ele, querem ficar em paz. No entanto, ficam pondo isso de novo, e de novo, e de novo…

Sério, nem blogs fazem isso. Parem, vocês estão, pelos próprios padrões, se rebaixando muito, virando quase blogueiros. Daqui a pouco expõem a opinião em posts reportagens, tsc tsc.

Posted in Brasileiros pocotó | Leave a Comment »