Blog do/a lus/z

And the answer to Life, the Universe and Everything Else is…

Archive for the ‘Brasileiros pocotó’ Category

Da série "já ‘tava demorando": tapetão no Pan

Posted by Andrei Luswarghi em 20 julho, 2007

Certo. Para nós, brasileiros natos que, se não morrem, matam, gambiarras, roubalheiras e confusões não são novidade nenhuma. Na verdade, são até parte do nosso dia-a-dia, e a gente mal vê problema nisso. Mas, ainda assim, eu acho sacanagem darem uma abrasileirada dessas no Pan.

Pois é, pelo título, já dá para deduzir: resolveram fazer uma gambiarra no Pan, que deu em tapetão. Para quem acompanha futebol, isso é clássico: o mau perdedor alega que o atleta X tinha menos fios de cabelo do que o que constava na inscrição e, com isso, abre todo um inquérito, faz uma confusãozinha, põe grana por debaixo do pano, e vira um mau vencedor, deixando o outro cara no chinelo.

Mas eu ainda acho sacanagem fazerem isso no Pan. Tudo bem, é o Pan do Brasil, no Rio de Janeiro, que já teve direito a hiperfaturamento, cama quebrada e todos os outros rolos, mas é sacanagem.

Primeiro, na ginástica. Ao que parece, uma atleta mexicana não tinha sido inscrita como atleta e, por isso, o México perdeu a medalha de bronze na competição por equipes. Honestamente: como atleta ou não, ela ganhou, não ganhou? Então, a equipe do México é melhor? Qual o problema da medalha, então, uma irregularidade meramente burocratizada (que eu duvido que o México tenha querido cometer)? Sinceramente, eu ainda acreditava que o Pan era uma competição amistosa, onde os melhores seriam reconhecidos.

Depois, no hipismo e na esgrima, uma porrada de gambiarras para usarem a equipe que quisessem, e não a que se classificou. Gambiarras, gambiarras.

Terceiro, o ciclismo, com um pouquinho de nepotismo (que para nós também está longe de ser novidade), com o técnico colocando o filho para competir e dispensando os melhores atletas.

No judô, um juiz cubano (naturalizado americano, mas cubano) deu a vitória a um cubano, contra o Schlittler (brasileiro). Sacanagem. Contra ISSO eu acho justo lutar.

Sabe o que me dá medo? Muita gente vai achar que o tapetão ‘tá certo. Que irregularidades como um erro na inscrição fazem com que a equipe não seja mais a melhor. Isso é brasileiro demais.

 

 

Anúncios

Posted in Brasil, Brasileiros pocotó, Esportes | Leave a Comment »

Porque, no Brasil, é um atrás do outro

Posted by Andrei Luswarghi em 18 julho, 2007

Como eu já fiz um post no outro blog, e o assunto merece um aqui, também….

Eu fiquei quase que revoltado com o que aconteceu em São Paulo, com o vôo 3054 da TAM (segundo a Folha, o 3054). Foi absurdo.

Como vocês devem ter percebido (imagino que nenhum leitor desse blog seja alienado a ponto de não ter percebido), o Brasil ‘tá em crise, a ponto de não perguntarmos mais “será?” e sim “quando?”. Isso é deprimente, mesmo. Mas mais deprimente é pensar nos políticos.

Tinha um político a bordo do avião. Esse não se importa mais, não nesse mundo, acredito. Sinto por ele, não sou tão cruel. Mas dos outros, quero sangue. É culpa deles que isso tenha acontecido, venhamos e convenhamos. É IDIOTA o que acontece no Brasil, e os brasileiros não fazerem nada é muito pior.

Todo o problema com espaço aéreo, aeroportos, etcétera, é culpa de políticos eleitos pelo povo, mas cujos eleitores simplesmente se esquecem que a política é, de qualquer forma, importante. Ou seja, a culpa é nossa, no final. Por não reclamarmos, não fazermos nada.

Nesse caso, morreram 176 só do avião, mais os que estavam no prédio, a ironia cuidou de ser um prédio da própria TAM. Eu juro, não quero saber quantos vão ser no próximo. Só sei que, do jeito que ‘tá, não vão ser poucos. E VAI ter um próximo.

Mas alguém, fora eu e você, se importa? Não. Alguém que PODE, efetivamente, mudar alguma coisa, se importa? Não.

Até lá, o que eu faço é não voar de avião. E lamentar pelos mortos. Lula declarou 3 dias de luto oficial, e, oficialmente, eu também, estou de luto. Mas quero sangue, que punam todos – TODOS – os envolvidos, de qualquer forma, com esse acidente, culpados por ele de qualquer forma.

Technorati tags: , , , , ,

Posted in Brasil, Brasileiros pocotó, Mundo azarado | 1 Comment »

Espírito de brasileiro, mesmo

Posted by Andrei Luswarghi em 13 julho, 2007

Todo dia tem uma dessas notícias hilárias para quem vê, péssimas para quem participa. A questão é achar uma dessas, e, hoje, eu ache i. A manchete é:

Flanelinha tenta resgatar chave de carro e cai em bueiro

Certo, a notícia já começa dando susto. Não, ele não caiu DENTRO do bueiro, ficando preso lá dentro. Ele ficou entalado, com a cabeça dentro do bueiro e mais umas partes do corpo, mas com boa parte ainda no asfalto. O motivo de fazer isso (lógico que o carro não era do flanelinha, é Brasil, é assim que é, quem me chamar de preconceituoso leva na orelha) foi que uma dona disse que ia pagar R$10,00 para ele por pegar as chaves que a ANTA deixou cair na galeria.

Ele, só de shorts, foi pegar as chaves (pô, por déiz reau até eu ia). Colocou a cabeça lá dentro e…. ficou entalado. Detalhe: barriga no asfalto que ‘tava a 30ºC. Deve ter sido uma delícia.

Chamaram os bombeiros, que tiveram que quebrar o asfalto com um aparelho que utiliza ar comprimido, para não machucar o coitado, que pegou as chaves, devolveu-as à dona e saiu, com a barriga torrada.

Você acha que isso foi sacanagem?

Ela não pagou os dez reais.

Brasileiro é espírito de porco, mesmo. Se ele cometesse homicídio ali mesmo e eu tivesse que julgá-lo, eu dava ganho de causa para ele.

Posted in Brasil, Brasileiros pocotó | Leave a Comment »