Blog do/a lus/z

And the answer to Life, the Universe and Everything Else is…

Archive for the ‘Esportes’ Category

Chutam a bandeirinha, mas não chutam o juiz homofóbico…

Posted by Andrei Luswarghi em 4 agosto, 2007

Todos se lembram do que aconteceu quando a Ana Paula, bandeirinha que saiu na Playboy, errou em alguns jogos (‘tá, errou BASTANTE, mas mesmo assim): ela foi tirada da série A, foi um rebuliço, etc. Agora, quando um juiz homofóbico diz que futebol não é para gays, na, talvez, maior prova de homofobia exagerada e pensamento arcaico do ano, desconsiderando o do Elton John de fechar a internet, ele tem razão, e pronto. É meio absurdo.

Claro, as associações de gays do mundo todo se soltaram (ui) e foram processar o infeliz – aliás, MUITO infeliz, depois de um comentário imbecil desses – e tentar fazer alguma coisa. Mas, honestamente, eu não ligo. Eles ‘tão fazendo ter repercussão, pelo menos. Basicamente, o que ele (o juiz) fez foi sacanagem, e puniram uma mulher por coisas eticamente menos graves.

 

 

Technorati tags: , , ,

Posted in Brasil, Brasileiros pocotó, Esportes | Leave a Comment »

Da série "já ‘tava demorando": tapetão no Pan

Posted by Andrei Luswarghi em 20 julho, 2007

Certo. Para nós, brasileiros natos que, se não morrem, matam, gambiarras, roubalheiras e confusões não são novidade nenhuma. Na verdade, são até parte do nosso dia-a-dia, e a gente mal vê problema nisso. Mas, ainda assim, eu acho sacanagem darem uma abrasileirada dessas no Pan.

Pois é, pelo título, já dá para deduzir: resolveram fazer uma gambiarra no Pan, que deu em tapetão. Para quem acompanha futebol, isso é clássico: o mau perdedor alega que o atleta X tinha menos fios de cabelo do que o que constava na inscrição e, com isso, abre todo um inquérito, faz uma confusãozinha, põe grana por debaixo do pano, e vira um mau vencedor, deixando o outro cara no chinelo.

Mas eu ainda acho sacanagem fazerem isso no Pan. Tudo bem, é o Pan do Brasil, no Rio de Janeiro, que já teve direito a hiperfaturamento, cama quebrada e todos os outros rolos, mas é sacanagem.

Primeiro, na ginástica. Ao que parece, uma atleta mexicana não tinha sido inscrita como atleta e, por isso, o México perdeu a medalha de bronze na competição por equipes. Honestamente: como atleta ou não, ela ganhou, não ganhou? Então, a equipe do México é melhor? Qual o problema da medalha, então, uma irregularidade meramente burocratizada (que eu duvido que o México tenha querido cometer)? Sinceramente, eu ainda acreditava que o Pan era uma competição amistosa, onde os melhores seriam reconhecidos.

Depois, no hipismo e na esgrima, uma porrada de gambiarras para usarem a equipe que quisessem, e não a que se classificou. Gambiarras, gambiarras.

Terceiro, o ciclismo, com um pouquinho de nepotismo (que para nós também está longe de ser novidade), com o técnico colocando o filho para competir e dispensando os melhores atletas.

No judô, um juiz cubano (naturalizado americano, mas cubano) deu a vitória a um cubano, contra o Schlittler (brasileiro). Sacanagem. Contra ISSO eu acho justo lutar.

Sabe o que me dá medo? Muita gente vai achar que o tapetão ‘tá certo. Que irregularidades como um erro na inscrição fazem com que a equipe não seja mais a melhor. Isso é brasileiro demais.

 

 

Posted in Brasil, Brasileiros pocotó, Esportes | Leave a Comment »